Ecobags com Juta da Amazônia



 

QUEM SOMOS

 

A Ecobags Brasil fui fundada em 2011 por Rose Deodato, por incentivo de seu amigo Paulo Vaz.

Primeiramente foram questionados quais seriam os benefícios socioambientais. Logo ali surgiu uma paixão pelo negócio, já que a Juta é um tecido orgânico, 100% biodegradável e que não utiliza nem fertilizantes químicos, nem agrotóxicos.

Outro fator que chamou a atenção, é que na época não haviam empresas que confeccionassem ecobags de Juta, com personalização de logomarcas de empresas, tornando-se assim pioneiros no segmento de brindes de Juta.

 

Infelizmente, Rose teve problemas de saúde e veio a falecer. Em 2013, Jennifer Antunes, sua filha, tomou a frente dos negócios com o intuito de dar continuidade ao projeto socioambiental das sacolas ecológicas.

 

No primeiro ano, eram apenas 3 modelos de ecobags, com todos os serviços de costura e estamparia terceirizadas.

Em 2015 foi lançado a campanha EMPRESA AMIGA DA AMAZÔNIA, onde as empresas que adquirem seus produtos receberiam o SELO ECOFRIENDLY.

A variedade de modelos foi aumentando, tendo em 2017, cerca de 25 produtos de Juta da Amazônia.​

 

Missão

A Ecobags Brasil tem a missão de oferecer um produto 100% ecológico, biodegradável e portanto, ecofriendly, para empresas comprometidas com o Meio Ambiente, que queiram agregar sua marca à Sustentabilidade.

 

Visão

Atualmente Bangladesh e Índia são os maiores produtores de Juta do mundo, exportando principalmente para a Europa e a Ásia.

O Brasil, por sua vez, também produz Juta na região amazônica.

A Ecobags Brasil tem como objetivo principal, o reconhecimento da Juta da Amazônia, para que continuemos a presevar nossa Floresta, e que os ribeirinhos tenham seu trabalho cada vez mais reconhecido e valorizado.

Tornar uma Empresa de Economia Verde.

 

Valores

Comprometimento com o meio ambiente e principalmente com a Amazônia, tanto no caráter social como ambiental.

Agir de forma ética e transparente com seus clientes e fornecedores.

 

 

"Não basta dizer que é sustentável, é preciso ser"

Jennifer Antunes (Diretora Executiva)

 

 

"Destinar parte do orçamento à ecologia é ter uma visão de futuro, pois penso que somos apenas hóspedes em nosso planeta

Paulo Vaz (Diretor Comercial)